Terremoto do Haiti – 2010

O sismo do Haiti de 2010 foi um terremoto catastrófico que teve seu epicentro a cerca de 25 quilômetros da capital haitiana, Porto Príncipe, e foi registrado às 16h 53min 10s do horário local (21h 53min 10s UTC), na terça-feira, 12 de janeiro de 2010. O abalo alcançou a magnitude 7,0 Mw [2] e ocorreu a uma profundidade de 13 km (8,1 mi). O Serviço Geológico dos Estados Unidos registrou uma série de pelo menos 33 réplicas sismológicas, 14 das quais eram de de magnitude 5,0Mw a 5,9Mw.[3] O Comitê Internacional da Cruz Vermelha estima que cerca de três milhões de pessoas foram afetadas pelo sismo;[4] o Ministro do Interior Haitiano Paul Antoine Bien-Aimé, atecipou em 15 de janeiro que o desastre teria tido como consequência a morte de 100 000 a 200 000 pessoas.[5]

Localização do epicentro do sismo e a extensão do raio de intensidade do terremoto.

O terremoto causou grandes danos a Port-au-Prince, Jacmel e outros locais da região. Milhares de edificações, incluindo os elementos mais significativos do patrimônio de Porto Príncipe – o Palácio Presidencial, o edifício do Parlamento, a Catedral de Notre-Dame de Port-au-Prince -, a principal prisão do país[6][7][8] e todos os hospitais, foram destruídas ou gravemente danificadas.[9] A Organização das Nações Unidas informou que a sede da Missão das Nações Unidas para a estabilização no Haiti (MINUSTAH), localizada na capital, desabou e que um grande número de funcionários da ONU havia desaparecido.[10] A morte do Chefe da Missão, Hédi Annabi, foi confirmada em 13 de janeiro pelo presidente René Préval.[11]

Muitos países responderam aos apelos pela ajuda humanitária, prometendo fundos, expedições de resgate, equipes médicas e engenheiros. Sistemas de comunicação, transportes aéreos, terrestres e aquáticos, hospitais, e redes elétricas foram danificados pelo sismo, o que dificultou a ajuda nos resgates e de suporte; confusões sobre o comando das operações, o congestionamento do tráfego aéreo, e problemas com a priorização de voos dificultou ainda mais os trabalhos de socorro. Necrotérios de Port-au-Prince foram rapidamente esmagados; o governo haitiano anunciou em 21 de janeiro que cerca de 80 000 corpos foram enterrados em valas comuns.[12] Com a diminuição dos resgates, as assistências médicas e sanitárias tornaram-se prioritárias. Os atrasos na distribuição de ajuda levaram a apelos raivosos de trabalhadores humanitários e sobreviventes, e alguns furtos e violências esporádicos foram observados.

Continuar lendo

Anúncios

Canteiro Bio Séptico – Tratamento natural do Esgoto

Fossa Ecológica – tecnologia finalista do prêmio Tecnologia Social 2009.

O LUGAR MAIS FRIO DO MUNDO

Ele fica nos confins do Polo Sul, nunca foi visitado por ninguém e pode revolucionar a astronomia.

Cordilheira A

Ridge A - o lugar mais frio do Mundo

Ainda existe um lugar, na Terra, onde o homem jamais pisou. Ele se chama Ridge A (“cordilheira A”, em inglês), fica a 4 mil metros de altitude – 30% mais alto que a cidade de La Paz, na Bolívia – e está a 600 quilômetros do Polo Sul. Mas a principal característica desse lugar, que acaba de ser revelado por imagens de satélite, é outra: Ridge A é o ponto mais frio da face da Terra, com temperatura média de 70 graus negativos. Até então, acreditava-se que o lugar mais frio do mundo fosse o lago Vostok, na Antártida, que chegou a registrar 90 graus negativos.

Mas isso foi uma exceção. “Na média, Ridge A é muito mais frio do que o lago Vostok ou qualquer outro lugar conhecido”, afirma Will Saunders, astrônomo da Universidade de New South Wales e descobridor do lugar. Ridge A é muito hostil para a vida – se é que existe alguma por lá –, mas perfeito para a ciência. O céu extremamente limpo, com poucas nuvens e sem água (a umidade relativa do ar é praticamente zero), faz de Ridge A o lugar perfeito para a instalação de um telescópio. “É o lugar mais próximo do espaço que você pode alcançar sem sair da Terra”, afirma o cientista atmosférico Patrick Minnis, da Nasa.

O telescópio de Ridge A será 3 vezes mais nítido do que qualquer outro instalado no planeta e terá imagens tão boas quanto as do Hubble. A primeira expedição a Ridge A está prevista para o ano que vem, e o telescópio deverá ser construído pela China e pela Austrália, dona do território. Quando ficar pronto, em 2012, será controlado a distância por um sistema de computadores – o lugar é inóspito demais para viver. A descoberta é o último passo de uma corrida científica no Polo Sul, que vai ganhar telescópios construídos pelos EUA, pela Itália e pela França.

Ridge A

Mapa - Ridge A

Ridge A - Google Earth

Best place on earth for astronomical observation - Imagem de Satélite - Google Earth

Juliana Cunha
Revista Superinteressante – 11/2009

Ilhas Maldivas: um paraíso ameaçado

Ilhas Maldivas

Considerado o país mais ameaçado do mundo pelos efeitos do aquecimento global, as Ilhas Maldivas – um paraíso fincado no Oceano Índico – anunciou um plano para zerar suas emissões de carbono nos próximos 10 anos. O país sofre por ser a nação mais baixa do planeta. Cerca de 80% de suas terras, constituídas de 1200 ilhas, não ultrapassam um metro acima do nível do mar e já há efeitos reais no cotidiano da população. Ao redor da capital, Malé, já foi construído um muro de contenção de enchentes com 3 metros de altura, mas as faixas de areia não param de diminuir.

A preocupação é tão iminente que o governo já faz planos de adquirir terras na Índia ou Sri Lanka para mudar o país de lugar caso o mar alague tudo.

Paralelamente a isso, as Maldivas assinaram um plano da ONU para se tornar o primeiro país livre de emissões de carbono e auto sustentáveis. Juntos nessa corrida estão a Costa Rica, Islândia, Noruega, Nova Zelândia e Mônaco. É a “Copa do Mundo do Carbono”, como os ambientalistas têm chamado. O bom dessa disputa é que ganhamos todos.

Paraíso ameaçado em função do Aquecimento Global

Como escreveu a jornalista Cláudia Carmello no excelente blog Viajante Consciente, tomara que essa disputa sirva de exemplo para o mundo inteiro e salve o nosso paraíso de lua-de-mel!

Fontes: Sustainable Travel / Viajante Consciente


Sustentabilidade

você e a sustentabilidade

Você e a Sustentabilidade

Você sabe o que é sustentabilidade? Com certeza é um tema bastante discutido atualmente, pois hoje nós sabemos planejar e antecipar situações. Mas como o termo sustentabilidade intefere em nosso dia-a-dia? Colocando em termos simples, a sustentabilidade é prover o melhor para as pessoas e para o ambiente tanto agora como para um futuro indefinido.

Nossa capacidade de produção de alimentos, moradia e demais produtos estão chegando ao nível máximo, em ritmo maior a população continua crescendo e os recursos naturais (água potável, terras cultiváveis e minerais) vão se esgotando. Segundo o Relatório de Brundtland (1987), sustentabilidade é: “suprir as necessidades da geração presente sem afetar a habilidade das gerações futuras de suprir as suas”.

Continuar lendo

AMMA – Produz móveis com garrafas PET

Criatividade, consciência ecológica e habilidades manuais, são alguns dos ingredientes utilizados pelos educadores ambientais da Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma) para transformar garrafas plásticas de refrigerante (pet) em móveis de decoração para cômodos de casa, como: salas, quartos e cozinhas. Muitas são as peças que estão sendo produzidas com garrafas pelos os monitores ambientais do Órgão, como por exemplo, cama de solteiro, pufe, poltrona e agora recentemente foi criada uma mesa de dois lugares com garrafas de 600 ml.

sustentabilidade - criatividade - coleta seletiva

móveis ecológicos - feitos com garrafas PET

“Uma verdadeira fábrica de móveis ecológicos”, é como o diretor de Gestão Ambiental da Amma, Thiago Camargo nomeia a quantidade de utensílios domésticos que tem sido produzido pelos técnicos da gerência de educação ambiental. “O objetivo é promover uma integração com o público que participa das atividades da Agência, além de estimular a criatividade de cada um, assim conseguimos minimizar os impactos ambientais causados pelo descarte de materiais que normalmente são desprezados pela população de forma equivocada”, alerta Thiago. Continuar lendo

Dicas de limpesa utilizando sal – Dicas Ecológicas – Faxina Ecológica

Você sabia que você pode limpar o seu tapete usando sal? O sal é um agente extraordinário de limpeza e desodorização para toda sua casa. Esse artigo possui várias receitas para soluções caseiras de limpeza que podem competir com muitos produtos comerciais atuais. Portanto, encha o armário de sal e esteja pronto para enfrentar a limpeza mais difícil da sua casa. Vamos começar com o banheiro.

Limpeza com sal

Limpeza com sal - Limpeza Ecológica

  • Pias: faça uma pasta de aguarrás com sal para restaurar fixações esmaltadas brancas que amarelaram. Use em pias, banheiras ou vasos sanitários. Aplique, deixe descansar por 15 minutos e, em seguida, passe uma esponja úmida.
  • Tapete: as manchas de tapete são muito difíceis. O sal está aí para ajudar.
  • Mancha gordurosa: para uma mancha gordurosa no tapete, remova primeiro o máximo de líquido possível, cobrindo a mancha com sal. Isso evitará que a mancha de gordura se espalhe. Em seguida, siga as instruções do fabricante de tapetes. Pode ser necessária uma solução de limpeza à seco ou um detergente de enzimas.
  • Continuar lendo