Como as árvores refrescam o clima

por Maria Colenso – traduzido por HowStuffWorks Brasil

As árvores tornam as nossas vidas mais agradáveis. Não só são bonitas de se contemplar como podem oferecer sombra agradável e bons esconderijos. As florestas recobrem 30% de nosso planeta e se concentram especialmente em 10 países: Estados Unidos, Canadá, Federação Russa, Brasil, China, Austrália, República Democrática do Congo, Indonésia, Peru e Índia [fonte: Programa Ambiental das Nações Unidas.

Árvore
©iStockphoto.com
Não precisa ser cientista para perceber que uma
árvore apenas já refresca o clima.

O desaparecimento das florestas está sendo registrado com maior rapidez a cada dia. Cerca de 13 milhões de hectares de floresta – uma área de tamanho equivalente ao da Grécia – desaparecem a cada ano. O desmatamento acontece devido ao crescimento populacional e às crescentes demandas da agricultura e das indústrias. Árvores são cortadas para abrir espaço para novos projetos imobiliários ou para alimentar a indústria madeireira

Por que faz diferença que árvores sejam plantadas ou cortadas? As árvores nos fornecem madeira, combustível, alimentos, remédios, látex e outros produtos que usamos em nosso cotidiano. Também afetam o clima de nosso planeta. Sua existência – ou remoção – pode servir para fazer uma grande diferença no clima.

Clima e tempo não querem dizer a mesma coisa. O tempo é determinado por padrões de curta duração, como os divulgados nos telejornais sobre um período de poucos dias; os padrões de clima influenciam prazos mais longos, em geral na ordem dos 30 anos. E o clima do nosso planeta está se aquecendo – a temperatura média subiu de 1 a 1,5 graus nos últimos 100 anos [fonte: The Weather Channel]. É o que aponta também do Relatório Intergovenamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC).

As árvores e o nosso clima

As árvores afetam o nosso tempo e, com isso, o nosso clima, de três maneiras básicas: reduzindo a temperatura, reduzindo o uso de energia e reduzindo ou removendo os poluentes do ar. Cada parte de uma árvore, das folhas às raízes, contribui para o controle do clima.

As folhas ajudam a reduzir a temperatura. Elas refrigeram o ar por meio de um processo conhecido como evapotranspiração, que é a combinação de dois processos simultâneos: evaporação e transpiração (ambos liberam umi­dade no ar). Durante a evaporação, a água é convertida de líquido em vapor e evapora da terra, dos lagos, dos rios e até mesmo de pavimentos. Durante a transpiração, a água atraída da terra pelas raízes evapora das árvores. O processo pode ser invisível aos nossos olhos, mas um carvalho de grande porte pode transpirar 150 mil litros de água para a atmosfera a cada ano [fonte: USGS ].

Evapotranspiration.
Evapotranspiração

Esse sistema externo de condicionamento de ar que as árvores fornecem reduz o consumo de energia em casa ou no escritório. A sombra fornecida por árvores decíduas plantadas de maneira adequada refrigera edifícios nos meses de frio, permite que os raios quentes do Sol brilhem por entre seus galhos no inverno e também protege os edifícios contra ventos frios. Com algum planejamento, árvores plantadas em ambiente urbano podem ajudar a  minimizar o efeito de ilha de calor que aflige muitas cidades.

As ilhas de calor são cidades que muitas vezes apresentam temperatura alguns graus mais elevada que a de seus subúrbios porque as áreas urbanizadas geram e aprisionam calor. Em São Paulo, a variação de temperatura pode ser de até 12º C entre uma região e outra no mesmo horário [fonte: Estadão]

Quando árvores crescem em áreas urbanas, tanto as temperaturas do ar quanto as das superfícies se reduzem. Pesquisadores constataram que plantar uma árvore na face oeste e uma na face sul de uma casa pode reduzir significativamente o consumo de energia. No estudo conduzido pela Environmental Protection Agency (em inglês), os custos anuais de refrigeração foram reduzidos entre 2% e 8% [fonte: EPA (em inglês)].

As folhas também filtram partículas do ar, incluindo poeira, ozônio, carbono, monóxido e outros poluentes atmosféricos. Pelo processo de fotossíntese, as árvores removem o dióxido de carbono (um gás causador do efeito-estufa) e liberam oxigênio no ar. As árvores armazenam dióxido de carbono, um processo conhecido como seqüestro de carbono e – dependendo do tamanho da árvore – podem reter entre 16 e 360 quilos de dióxido de carbono a cada ano.

Anúncios

Deixe o seu comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s