Biodiversidade

Convenção da Diversidade Biológica

Entrou em vigor em 29 de dezembro de 1993 com o objetivo de promover a conservação da biodiversidade, uso sustentável de seus componentes e uma distribuição de benefícios justa e eqüitativa com relação ao uso dos recursos genéticos. Atualmente é composta por 190 países.

Biopirataria no Brasil

Cerca de 38 milhões de animais da Amazônia, da Mata Atlântica, do Pantanal e da região semi-árida do Nordeste são capturados por traficantes de animais e vendidos ilegalmente, segundo a  ONG Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres (Renctas). A estimativa é de que, com este comércio, eles faturem cerca de 1 bilhão de dólares ao ano. Este número, segundo o IBGE, representaria 10% do comércio ilegal de animais no mundo.

Biodiversidade Brasileira

As diferenças climáticas contribuem para as diferenças ecológicas formando zonas biogeográficas distintas chamadas biomas. A maior floresta tropical úmida (Floresta Amazônica), com mais de 30 mil espécies vegetais, e a maior planície inundável (o Pantanal) do mundo se encontram nesses biomas, além do Cerrado (savanas e bosques), da Caatinga (florestas semi-áridas) e da Mata Atlântica (floresta tropical pluvial). O Brasil possui uma costa marinha de 3,5 milhões km² com uma variedade de ecossistemas que incluem recifes de corais, dunas, manguezais, lagoas, estuários e pântanos.

Muitas das espécies brasileiras são exclusivas (endêmicas) e diversas espécies de plantas de importância econômica mundial são originárias do Brasil, destacando-se dentre elas o abacaxi, o amendoim, a castanha do Brasil (também conhecida como castanha do Pará), a mandioca, o caju e a carnaúba. (fonte: MMA)

Animais em extinção no Brasil

O país possui 627 espécies, entre mamíferos, aves, répteis, anfíbios, insetos e invertebrados terrestres, ameaçadas de extinção. A lista é publicada a cada cinco anos pelo Ministério do Meio Ambiente, através do Ibama e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Os dados são referentes a última lista publicada, em 2008.

Riqueza Econômica

Produtos da biodiversidade respondem por 31% das exportações brasileiras, especialmente destacando café, soja e laranja. As atividades de extrativismo florestal e pesqueiro empregam mais de três milhões de pessoas. A biomassa vegetal, contando o álcool da cana-de-açúcar e a lenha e o carvão derivados de florestas nativas e plantadas respondem por 30% da matriz energética nacional e em determinadas regiões, como o Nordeste, atendem a mais da metade da demanda energética industrial e residencial. Além disso, grande parte da população brasileira utiliza-se de plantas medicinais na solução de problemas corriqueiros de saúde. (fonte: MMA)

Livros

– “100 animais ameaçados de extinção no Brasil – E o que você pode fazer para evitar”, de Sávio Freire Bruno, publicado pela Editora Ediouro.
– “Biodiversidade: para Comer, Vestir ou Passar no Cabelo?”, organizado por Nurit Bensusan, Ana Cristina Barros e Beatriz Bulhões, publicado pela Editora Peirópolis.

fonte: Carbono Brasil
Links

Defenders of Wildlife
Convenção de Diversidade Biológica (CDB)
Biodiversidade no Wikipédia

Anúncios

Deixe o seu comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s